Europa,  Istambul,  Turquia

Istambul: dicas do que fazer e conhecer na antiga Constantinopla!

Bom pessoal, hoje falaremos de Istambul! Com certeza um dos lugares mais interessantes que já estive. Além da oportunidade de conhecer uma cultura muito diferente, a cidade é riquíssima em história, o que torna a viagem ainda mais interessante.

A grande maioria da população de Istambul é muçulmana. São inúmeras as mesquitas espalhadas pela cidade.

A cidade fica às margens do Estreito de Bósforo, no Mar de Marmara, que separa a Europa da Ásia. Isso faz com que Istambul seja a única cidade que ocupa os dois continentes. Uma parte considerável da península histórica, na região de Sultanahmet, foi classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1985.

Ponto obrigatório de qualquer visita é Sultanahmet. Aliás, procure ficar hospedado nos arredores, pois é lá que fica a maior concentração de resturantes, cafés e pontos turísticos. Também é lá que fica a Mesquita Azul (Blue Mosque), maior e principal mesquita de Istambul, e que leva também o nome de Sultão Ahmet.

A mesquita é conhecida como “Mesquita Azul” devido às cores predominantes nas suas paredes e cúpulas no interior.

A Basílica de Santa Sofia (Hagia Sophia), que hoje funciona como um museu, foi considerada a maior e mais sagrada igreja da cidade durante a época bizantina.

No dia em que visitamos essa área, demos a sorte de coincidir com um evento de inovação, e uma das atrações do evento era uma mesa de jantar que era erguida a uma altura de 50 metros, entre a Basílica Santa Sofia e a Mesquita Azul. Era aberta ao público, as pessoas sentavam-se em cadeiras em volta dessa mesa, presas por um cinto de segurança, e um guindaste levantava toda a estrutura. Subimos e a vista lá de cima era incrível… rendeu fotos que eu jamais achei que conseguiria (parecem cartões postais). Era possível ver todo o distrito de Sultanahmet.

A Praça de Sultanahmet é o centro da cidade antiga. Abriga até hoje os primeiros monumentos da cidade, como o Obelisco, a Coluna Serpentina e a Fonte Alemã. Nesse local durante o período bizantino funcionava um Hipódromo.

Outro programa que vale a muito a pena fazer em Istambul é o passeio de barco pelo Estreito de Bósforo, que separa a Ásia da Europa e ao mesmo tempo liga o Mar de Marmara ao Mar Negro.

Durante o passeio é possível avistar diversas mesquitas, palácios e monumentos que fizeram parte da história da cidade.

Outro lugar que visitei e que achei bem legal é o Pierre Loti Café. Nem sentei lá para comer ou tomar nada, fui só pelo passeio de teleférico e para ver a vista, que é bem legal. O Spice Bazaar também vale a pena ser incluído na lista dos lugares a visitar por lá.

Por fim, o Grand Bazaar. Um dos lugares mais legais de Istambul. Dá pra enlouquecer com tanta coisa diferente que tem para comprar por lá: temperos, chás, luminárias, tapetes, louças, etc etc… uma infinidade de coisas lindas! Não se esqueça de negociar muito o preço de qualquer coisa que queira comprar, pois eles podem chegar a menos de 50% do valor inicial. Há restaurantes lá dentro, caso você queira ficar por bastante tempo. Fui ao Havuzlu, que pelo que vi é o mais tradicional, e gostei bastante.

——————————————————————————-

Em resumo:

Quantos dias ficar em Istambul: no mínimo 3 dias inteiros. A cidade é muito grande e oferece inúmeras opções de lugares para conhecer. Só o Grand Bazaar é capaz de render quase um dia inteiro de visita se você se empolgar nas compras.

Qual a melhor forma de conhecer Istambul? Como são inúmeros pontos turísticos e lugares interessantes na cidade, recomendo pegar um dia para fazer o sightseeing naqueles ônibus turísticos “Hop On – Hop Off”. Vai ser mais fácil andar nesses ônibus do que em transporte público, já que ele já para nos principais lugares, e você pode descer e na volta pegar o próximo ônibus. Além disso, existem opções de passeio de barco que a operadora busca os passageiros no hotel de van, leva até o local onde sai o barco, e além disso ainda leva a mais alguns lugares de van durante o caminho (como Spice Bazaar, Pierre Loti, etc). Acho que vale a pena.

Onde comer em Istambul? Existem inúmeras opções de restaurantes / casas de chá na região de Sultanahmet. Conheci e recomendo o Sofa Cafe, o Sultansaray Kebap Fish and Steak House (mto próximo blue mosque e sofia – Çatal Çesme Sokak) – os dois bem comuns e tipicamente turcos… nada de mais, além  do Havuzlu, que fica dentro do Grand Bazaar.

Dicas de passeios / programas típicos em Istambul? Existe o tradicional banho turco, que não fiz por falta de tempo, mas me recomendaram o Çemberlitas Turkish Bath. E também a cerimônia de dança mística turca, que eu particularmente não gostei, mas conheço gente que foi e gostou (fui na Hodjapasha – Hocapasa Kultur).

É isso! Espero ter ajudado! Dicas adicionais ou perguntas, mandem nos comentários!

Beijos e até a próxima!

2 Comentários